quarta-feira, 17/08/2022
InícioPoliticaMDB oficializa candidatura de Mikika Leitão a deputado federal: “Com fé em...

MDB oficializa candidatura de Mikika Leitão a deputado federal: “Com fé em Deus, serei o porta-voz do povo na Câmara”

A Convenção Estadual do MDB aprovou o nome do vereador e presidente do partido em João Pessoa, Mikika Leitão, para concorrer nas eleições de 2022 como candidato a deputado federal.

O processo de escolha dos candidatos conclamou o nome de Mikika na manhã desta sexta-feira (05), no Clube Cabo Branco.

- Continua depois da Publicidade -

Mikika está na vida pública há mais de 30 anos e já foi deputado estadual.

“Agora é oficial. Sou candidato a deputado federal! Fico feliz pelo reconhecimento dos resultados do meu trabalho. Estamos prontos para lutar por melhores condições de vida para toda Paraíba, valorizando sempre nosso povo e enfrentando os poderosos sem medo. Diante da minha trajetória política, de mais de 30 anos, me sinto plenamente capacitado e preparado para mais essa importante missão”, afirmou.

Sobre Veneziano Vital do Rêgo, candidato do MDB a governador da Paraíba, Mikika que foi o primeiro a lançar o nome do político para a disputa, afirma que os paraibanos sabem que agora é a vez de Vené.

“A vez é de termos um governador coerente, trabalhador, de mãos limpas e que respeite nosso povo, Veneziano é com certeza o melhor nome nessa disputa e ao logo dos dias vamos ver uma grande mudança no cenário político atual. Faremos uma campanha limpa e não podemos deixar que o discurso de ódio e a perseguição se perpetue”, afirmou Mikika.

Em seus planos de trabalho, caso seja eleito, Mikika pretende lutar para construção do hospital de Trauma do Sertão, hospital regional do Litoral Sul, duplicação do trecho da BR-230 que vai até Cajazeiras. Além de fortalecer o turismo rural, direcionar emendas para promover melhorias na saúde, educação, esporte e infraestrutura, e ainda lutar para desburocratizar a abertura de novas empresas na Paraíba, com foco na geração de emprego e renda.

Finalizando, Mikika pediu uma oportunidade à população, para mostrar que pode realmente ser o diferencial na Câmara Federal.

A aprovação em convenção partidária é exigência da legislação eleitoral, para que os pré-candidatos possam oficializar as suas candidaturas na Justiça Eleitoral. O registro da candidatura na Justiça Eleitoral deve ser efetivado até o dia 15 de agosto. O primeiro turno das eleições será no dia 2 de outubro.

Portal do Litoral

VOCÊ PODE QUERER VER TAMBÉM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Mais Lidas

- Publicidade -

Últimas

- Publicidade -
- Publicidade -