domingo, 14/04/2024
InícioPoliticaMídia nacional revela que Aguinaldo é um dos três interlocutores do PP...

Mídia nacional revela que Aguinaldo é um dos três interlocutores do PP com Lula

O site de notícias Metrópoles, um dos mais acessados do país, revelou nesta quinta-feira (28), que o deputado federal paraibano Aguinaldo é um dos três interlocutores do Partido Progressistas (PP) junto ao ex-presidente Lula, candidato do PT à Presidência da República nas eleições deste ano.

“Apesar do discurso bélico de Ciro Nogueira contra o PT e o ex-presidente Lula, aliados do ministro da Casa Civil reconhecem que algumas lideranças da sigla mantêm ‘conversas estratégicas’ com pessoas próximas ao petista e seus interlocutores”, diz trecho d reportagem assinada pelo conceituado colunista político Igor Gadelha.

- Continua depois da Publicidade -

“Outro cacique do PP que mantém relações com petistas é o deputado Aguinaldo Ribeiro (PB). Ele indicou seu filho, o vice-prefeito de Campina Grande, Lucas Ribeiro, como vice de João Azevêdo (PSB) na disputa pelo governo da Paraíba”, acrescenta a reportagem sem, contudo, mencionar que o governador paraibano apoia a candidatura de Lula.

Clique aqui ou leia abaixo a matéria completa:

Apesar do discurso de Ciro Nogueira, PP mantém interlocutores com o PT

Apesar do discurso bélico de Ciro Nogueira contra o PT e o ex-presidente Lula, aliados do ministro da Casa Civil reconhecem que algumas lideranças da sigla mantêm “conversas estratégicas” com pessoas próximas ao petista e seus interlocutores.

A interlocução é feita por três parlamentares do PP que trocam frequentemente figurinhas com petistas nos bastidores. Essa relação, explicam, permitirá o partido não entrar num eventual governo Lula totalmente à parte do Executivo.

Um desses interlocutores do PP com a esquerda é o próprio líder da legenda na Câmara, André Fufuca (MA). Ele publicamente está apoiando Carlos Brandão (PSB), vice de Flávio Dino e nome de Lula ao governo do Maranhão este ano, como mostrou a coluna.

Outro cacique do PP que mantém relações com petistas é o deputado Aguinaldo Ribeiro (PB). Ele indicou seu filho, o vice-prefeito de Campina Grande, Lucas Ribeiro, como vice de João Azevêdo (PSB) na disputa pelo governo da Paraíba.

O terceiro é o deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE), que deverá apoiar Danilo Cabral (PSB) na disputa ao governo pernambucano. Ele quer ter o apoio da esquerda para eleger seu filho, Lula da Fonte, a deputado federal.

Os três estiveram presentes na convenção nacional do PP, nessa quarta-feira (27/7), que selou o apoio da sigla à reeleição de Jair Bolsonaro. Entretanto, mesmo com protagonismo dentro do partido, o trio não se manifestou no evento.

Mandatários da legenda reconhecem, nos bastidores, que dificilmente um partido como o PP, em uma eventual vitória de Lula à Presidência, vai se manter na oposição ao Palácio do Planalto durante os próximos quatro anos.

Aliado de Ciro rebate

Aliados de Ciro Nogueira dizem que os movimentos de Dudu da Fonte, Aguinaldo e Fufuca não representam a cúpula do PP, que segue alinhada a Bolsonaro.

“Ninguém faça pelo PP em nome do Ciro Nogueira, a não ser ele mesmo. Quem estiver falando está vendendo terreno na lua”, afirmou à coluna Mário Rosa, um dos principais interlocutores do ministro da Casa Civil.

Metropoles

VOCÊ PODE QUERER VER TAMBÉM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Mais Lidas

- Publicidade -

Últimas

- Publicidade -
- Publicidade -